» Promote a Blog | Blog Directory | Content Marketing | Analytics | Blog | FAQ |

Explore » Blog Directory of Selected Blogs
Connect » Authentic Blogger Community
Discover » Featured Blogs and Topics

Content distribution for deborabenvenuti13.blogspot.com

Blog Rating:
Promote Up Promote Down (click to visit & rate)
  
Blog Thumbnail

Bookmark and Share

Translate
BlogUpp Fans

Des-ilusões

content discovered on Thursday, May 22, 2014 in amor, des ilusões, falsidade

1.- Já acreditei no amor e só tive dissabor, Por acreditar em alguém que não soube me dar valor; 2.- Sonhei que ser feliz fosse um sonho colorido, Mas percebi que nem todo o sonho tem as cores do arco-íris; 3.- Esperei por você uma noite inteira, Amanheceu e percebi que nunca serias meu por inteiro; 4.- Nem sempre me falastes a verdade, Tudo o que dissestes foi só falsidade; 5.- Desejei ser tua eterna namorada, E sonhar com isso me deixou apaixonada, Mas você preferiu partir quando ainda ...

Quantas Vezes...

content discovered on Wednesday, May 21, 2014 in erros, injusta, nunca mais

Quantas vezes eu disse, eu jamais faria isso e me vi fazendo exatamente o que disse que não faria... Quantas vezes eu olhei para o lado e vi um amigo necessitado, mas segui em frente, julgando que ele mesmo poderia se ajudar, se assim o quisesse realmente... Quantas vezes eu julguei amar e disse isso à pessoa errada e depois não soube desfazer o erro e continuei sem fazer nada... Quantas vezes eu fiz as coisas erradas e não tive coragem para desfazer... Quantas vezes eu me julguei perfeita...

O que ouves Agora?

content discovered on Tuesday, May 20, 2014 in lareira, silêncio, vento

Ouves o crepitar das chamas na lareira? - É o meu coração que te chama e como a chama, a noite clareia. Ouves o silvo do vento lá fora? - É a minha voz que te implora, vens me amar, estou aqui agora. Ouves o barulho do mar? - Sou eu a te chamar, mesmo não podendo te amar. Ouves os sons do silêncio? - É a minha alma que vagueia, em noite de lua cheia! Ouves o riso de uma criança inocente? - São os ecos da minha saudade que ouves ao cair da tarde... Ouves uma música ao longe? - É o som do m...

A Inspiração

content discovered on Sunday, May 18, 2014 in fantasias, inspiração, varinha de marmelo

A inspiração me acompanhadesde os tempos de menina.Quando minha mãe saiaeu resolvia trocar os móveise os quadros de lugar.Uma vez até apanheicom uma varinha de marmelo,para parar de fazer artee pregar pregos nas paredes.Nada adiantou,porque depois fui estudare uma faculdade fui cursar.A decoração foi a que mais me chamou a atençãoe não me impediu de continuar a fazeras mesmas coisa que fazia,só que agora com muito mais sabedoriae para isso,a tal inspiração dos meus tempos de menina,continua me incentivan...

Folhas Amareladas

content discovered on Saturday, May 17, 2014 in folhas amareladas, tarde, teu nome

Hoje encontreio teu nome escritonas folhas amareladas do meu passadoe percebi que algumas folhasforam rasgadas,outras enroladas e tão bem guardadasque ficaram mofadas,amarradas com fita engomada,escondidas atrás do armário.Mas ainda guardo na memóriaos belos cenários que vivenciaramaquelas belas tarde outonais,quando os raios de sol se infiltravampor entre as folhas amareladas,que caiam formando um tapete douradoà luz difusa do entardecer,e nos encontrávamos emocionadosao final de cada tarde,de tantas ta...

A Carta

content discovered on Saturday, May 17, 2014 in despedida, lembranças, passado

Esta é a carta que você nunca recebeu, a mensagem que nunca leu, a lembrança de um passado que vivemos juntos, Você e Eu. Nela eu enviava todos os sonhos meus e queria realizá-los juntamente com os teus. Meu coração amargurado,sobreviveu, mas nunca te esqueceu. Te esperei a cada cair da tarde, até a madrugada, e com o passar dos anos, a tua imagem foi ficando desbotada e os meus sonhos todos apagados. Sei que voltas a cada cinco anos, mas quando voltares novamente, terão se passado trinta...

Aquarela

content discovered on Friday, May 16, 2014 in alfazema, aquarela, jardim

Artista inglesa Ann Mortimer. Quero pintar uma tela com as cores da aquarela, emtons de azuleanise alguns matizes de amarelo,com violetas na janela,cortinas cor de rosa,com cravos e canelas.Nos lençóis,cores suaves e perfumesde jasmim,lírios e alfazemas.Para completar a cartela,faltam ainda os matizesde laranja e amareloque pego emprestado dos girassóisdo meu jardim.O verde eu encontroestampado no tapete do meu quartoe para completar o quadro,falta pintar o retrato de uma cena abstrata,que recortei da...

Ser Mãe

content discovered on Friday, May 09, 2014 in espelho, mãe, óculos

Cada vez que eu me olho no espelho, mais percebo o quanto estou parecida com a minha mãe. Às vezes até os trejeitos dela eu estou fazendo igual. Aquela velha mania de perder os óculos e sair a procurar,quando eles estão exatamente onde deveriam estar: pendurados por uma cordinha no pescoço. Então minha filha aparece e diz: mãe,tu já achou teus óculos? E eu respondo: ainda não e ela continua: procura bem que tu acha...E não é que eu acho mesmo...? Quando eu percebo que ela começa a rir, logo desconfio de ...

O Direito de Sonhar

content discovered on Sunday, April 13, 2014

O barco que conduzia a minha vida, encalhou no deserto da minha solidão. Do silêncio, fez-se ... o nada, do nada ... a saudade. O pranto encheu minhas horas vazias, no vazio da minha existência. Existiu um dia algo que eu chamei "Vida", Hoje existe vida que eu chamo menos que nada. Muito antes de você, houve um Princípio que se chamou amor. ... E o Amor viveu enquanto alguem me fez Acreditar Que o Amor era sinônimo de Vida ... Depois do Amor ... fez-se a Espera, da Espera ... o Caos ... Ch...

Nuvem Passageira

content discovered on Sunday, March 02, 2014 in nuvem passageira, outono, saudade

Sou nuvem passageira, tal qual o vento quando sopra as folhas secas e as faz farfalhar. Então fico a imaginar como seria vagar no infinito do teu olhar. Vejo uma luz se acender, um lampejo de desejo, uma lembrança de cada beijo e um suspiro ao entardecer. Será que estás a lembrar, de cada sonho que sonhamos, debaixo de um céu de estrelas que só eu ainda vejo brilhar? Já é outono e me agasalho do frio da noite com o meu cobertor de saudades, deixado pela tua ausência, quando deixastes de...

 

What do you think?

COPYRIGHT NOTICE: BlogUpp does not claim ownership of any content distributed via this blog directory and its content marketing channels.
The author of the blog mentioned at the top is assumed to be the content owner. BlogUpp is a blog promotion and content marketing service. Learn more

Terms of Service | Privacy Policy | Copyright © 2014, BlogUpp